Você acaba de entrar na Dimensão do Sobrenatural de Deus

Seja Bem Vindo (a)
anaclaurbn@hotmail.com

Meu Perfil

Sou uma pessoa chamada desde o ventre materno por um Deus que me amou antes de conhecê-lo.
Sou Ana, amada por um Deus único, vivo e verdadeiro que não falha, não mente, não volta atrás em suas promessas.
O Deus Altíssimo que me chamou pelo meu nome e me tomou das extremidades da Terra e me envolveu de tal forma em seu amor, onde hoje eu posso dizer que ELE é o meu tudo. Meu refúgio, meu baluarte, meu socorro bem presente nas horas de angústias e aflições. AquEle que não me deixa só,  que me ouve, que me dá saídas, faz caminhos onde não existem, abre portas onde ainda não se vêem, me leva para uma terra onde não há escassez de pão, pois ELE é o Deus da minha provisão, da minha cura, da minha libertação, salvação e justiça. Ele é a minha bandeira. Com Ele eu faço proezas, destruo gigantes, desbarato inimigos, derrubo muralhas, através do poder do SEU Espírito, do jejum e da oração. À ELE eu adoro, honro, dignifico, glorifico. Amo com tds as minhas forças, de todo meu entendimento, de todo meu coração. Faço isso com minha própria vida, em atitudes e gestos de amor e carinho com meus irmãos, compaixão pelos inimigos e perdidos e em intimidade com ELE e com sua obra. 
Esse é o meu Deus JESUS CRISTO.
Desculpe mas não dá para me descrever sem ELE. 
Eu sou dEle e Ele é meu. 
Com Ele, é junto e misturado rsrs Glória à Deus! 
Ana Almeida 

Veja

Este blog está online desde dezembro de 2009. 
Nele há mais de 110 postagens sobre o Reino de Deus. 
Entre louvores, palavra de Deus e meu perfil.
Pela estatística podemos ver que pessoas do Brasil, Reino Unido, Índia, França, Ucrânia, Portugal, Letônia, Senegal, Alemanha, Alasca, Luxemburgo, Estados Unidos, Equador, Argentina, Colômbia, Costa do Marfim, Canadá, Itália, Malásia, Panamá, Guatemala, Japão, Cabo Verde, Namíbia, Cingapura, Chile, Filipinas, Belarus, Austrália, Indonésia, El Salvador, Finlândia, Tunísia, Marrocos, Moçambique, Holanda, Angola, Suíça, Noruega, Guiana Francesa, Bélgica, Paraguai, Honduras, Albânia e Russia tem compartilhado comigo aqui a palavra de Deus. 
Uma média de visitação diária muito boa. Glória a Deus por isso e que atinja muito mais para louvor a Deus e propagação da palavra.
Caso queira ver ou rever as postagens mais antigas
é só ir no link à direita da página onde diz: 
 "POSTAGENS ANTIGAS" e clicar em qualquer uma das datas.
Se quiser ver algum versículo na bíblia é só nesta página mesmo ir em "acesso rápido" à direita e clicar no site "bíbliaonline".
Obrigada por sua visita!
Grande abraço!

Você é precioso





Porfias




Olá amados amigos e irmãos em Cristo!
Um pouco de tempo que ficamos afastados, mas aqui estamos de volta.
A alegria do Senhor é a nossa força!
Estamos por esses dias comunicando o tema: "As obras da carne" conforme o texto bíblico de Gálatas 5:19-21. Porfia é o 8º tópico segundo a bíblia.

Podemos definir como porfia uma disputa ou competição intencionalmente invejosa, uma obstinação persistente contra alguém que se quer destruir onde há uma procura de se colocar acima ou a frente do outro em rivalidade, em disputa por algo ou alguém.

A igreja de Filipos foi fundada por Paulo em sua segunda viagem missionária e foi a primeira igreja estabelecida por ele na Europa.

A carta de Paulo aos filipenses foi na verdade um modo de agradecimento ao povo da igreja de Filipos por haver lhe mandado pela terceira vez, ajuda financeira, oferta, agora através de Epafrodito, o qual em sua volta, levou a carta aos filipenses. 

A relação de Paulo com a igreja de Filipos sempre foi íntima e cordial, apesar de saber que a igreja apresentava problemas com rivalidades e ambições pessoais.

No capítulo 1 do verso 15 em diante da carta aos filipenses, Paulo começa dizendo assim:

Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade; uns na verdade anunciam a Cristo por contenda e não puramente, julgando acrescentar aflição as minhas prisões... 

Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda maneira, ou com fingimento ou com verdade, nisto me regozijo... 

Havia se alojado ali, um espírito de competição, de disputa, uns querendo passar a frente de outros, uns querendo ser mais que outros, enfim, porfia.

Alguns chegaram a pregar a palavra de Deus por contendas em meio a porfias  e invejas. Porém, como haviam pessoas sendo salvas, Paulo se alegrou com a situação.

O que vemos hoje em muitas igrejas. Pessoas que deixam de executar a obra de Deus porque acham que a idéia que tiveram é delas e não colocarão jamais essa idéia em execução, se não for lhe dado o cargo que aspiram dentro dessas igrejas.

É meu irmão e minha irmã... é difícil!

Já falei isso aqui um milhão de vezes, mas não me canso de repetir:
A obra já tem dono. é de Deus. Ele é o dono. Ele levanta, e ele abate. Ele coloca em evidência e Ele tira de evidência, de acordo com o plano que traça e o estado em que encontra o coração humano.

Competição por tempo de casa, competição por tempo de joelho dobrado, competição por inveja de uma voz que louva melhor, competição por ministério, competição por um que tem mais fé, competição por outro que prega bem, pelo cargo que quer tomar de outra pessoa, competição por achar que não é outro que tenha que fazer isso se não ele ou ela própria, uma disputa pra ver quem chega primeiro, quem é o primeiro colocado.

E o pior de tudo que é uma "guerra fria" a hipocrisia reina. É tudo velado, encoberto, como se nada estivesse acontecendo. É o famoso "matando na unha" com sorriso nos lábios. Fingindo ter paz, onde há guerra. Em seus próprios corações porfiadores. Será que esse  tipo de sujeira o Criador dos céus e da terra e Senhor de sua igreja não está vendo?!!!...

Só uma pergunta: O prêmio não é o céu? a salvação? para todos? ou alguém deseja que alguma alma passe a eternidade no inferno?

Porém, o prêmio que os porfiadores buscam é a satisfação de seu próprio ego, seu próprio eu. Mostrar a todos que sabem, fazem e acontecem, dando muitas vezes com a cara na parede e colocando Deus de lado, em sua própria obra. É eu faço, eu posso, eu tenho, eu sou o cara.

A pessoa se julga. Tem gente que quando anda me desculpe e aqui não quero denegrir a imagem de ninguém e muito menos envergonhar mas realmente despertar para a verdade, tem gente que parece pombo emproado. O peito parece que vai explodir. Anda estufado feito um pombo de tanto se achar o melhor, o mais estudado, o mais capacitado. Meu Deus!...

Membros de igrejas, anciãos, antigos, rivalizando com outras igrejas, falando mal de outros ministérios. Isso é horrível para uma pessoa que se denomina de Deus. Jesus não julgou mal a quem quer que seja, quando transmitia a verdade era para confrontar com os enganos de satanás.

Temos que transmitir a palavra, a verdade, porque nela a mentira, o engano, é revelado. Não são necessárias guerras. Somente a propagação da palavra de Deus.

Porque um crê que de tudo se pode comer e o outro que é fraco, come legumes, o que come não despreze o que não come e o que não come, não julgue ao que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai. Mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. (Romanos 14:2-4)

Cada ministério tem sua própria fé e arrebanha muitos ao reino e se há salvação como disse Paulo, está ótimo. Sabemos que tem coisas que parecem loucura aos nossos olhos, e até profanação, porém não fomos chamados para julgar o vizinho. Mas para ajudar, interceder, salvar.

Porque pessoas estão ali sendo curadas, libertas e salvas e isso é o que interessa para Deus. Por isso Deus permite que as portas permaneçam abertas. Ou Ele não é mais Deus para julgar ou enxergar essas coisas?

Os homens em seu ego desenfreado estão sempre querendo tomar a frente de tudo e se esquecem que o Todo Poderoso tudo vê e age através dos homens na hora exata. Não podemos de forma alguma, julgar.

Muitos reclamam de outros ministérios não por preocupação da salvação das almas, mas por interesse do dinheiro que poderia estar vindo em suas mãos e estão indo para outras mãos, para outros ministérios.
Me desculpem, mas não posso calar a minha voz diante de tamanha verdade.


O nosso inimigo é o diabo. Não são pessoas.

Há um demônio maldito de inveja e porfia atuando fortemente nos dias atuais colocando seres humanos uns contra os outros. A pessoa não enxerga que tem demônio na outra e que a outra necessita urgentemente de oração.

Por vir primeiro à mente, o ego e não a pessoa de Cristo, se pensa logo em passar por cima.

A reconciliação feita por Cristo na cruz é da humanidade com ele, e de uns com os outros. Amai a Deus sobre todas as coisas e amai ao próximo como a ti mesmo.

"Quero deixar a minha marca nessa obra" qual marca? Uma marca maior que o sangue que Cristo derramou? Tenho plena certeza de que é impossível.

O dono maior é Jesus e qualquer que se tornar cooperador dessa obra, não estará fazendo mais que sua obrigação e a recompensa é do céu e não das mãos de homens.

Graças a Deus que Paulo diz no mesmo texto que alguns pregam por inveja e porfia mas outros de boa vontade. 

Se temos realmente o Espírito de Cristo em nós, larguemos de mão em renúncia pelo nosso alvo que é Cristo, todos esses males. Não vale a pena cultivarmos essas obras em nossa vida. O fruto será amargo aqui, e por toda a eternidade.

Porfia é uma obra da carne e onde habitam obras da carne, ali não há o Espírito de Deus. Porque a carne milita contra o Espírito e o Espírito contra a carne.

Que possamos guardar a palavra de Deus em nossos corações, para que o pecado não seja mais forte que ela, em nós.

Na próxima mensagem estaremos falando sobre emulações.
A paz do Senhor Jesus para todos!
Fiquem com Deus e até lá!

Graça ou juízo?



E saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu amado filho, à Ele ouvi. (Lucas 9:35)


Olá amado e querido povo de Deus:
Sabemos que estamos no estudo das obras da carne, mas quero estar aqui, neste momento, abrindo um parêntese para essa palavra necessária de ser abordada.

Jesus,  após a revelação de Pedro que disse que Ele era o Cristo, o filho de Deus, chama Pedro, Thiago e João para subirem com ele ao monte a orar, e quando estava orando, transfigurou-se a aparência de seu rosto e a sua roupa ficou branca e muito resplandecente.

Então, Moisés e Elias em glória, falaram com Jesus sobre o que ele havia de padecer em sua morte e os discípulos carregados de sono, despertaram e viram sua glória e aqueles que estavam com Jesus. Quando a manifestação em glória de Moisés e Elias se apartou de Jesus, Pedro disse a Jesus que ali se fizesse uma tenda para Jesus, Moisés e Elias, para que ficassem ali. 

Deus em uma nuvem de glória encobre-os e fala: Esse é meu amado filho à Ele ouvi.

Pedro estava enganado.

"À Ele ouvi" Disse Deus como se dissesse: Esqueçam tudo. Façam o que Jesus fizer, ouçam o que Ele lhes disser, Ele é o fim da Lei mosaica.

Não há que se fazer tenda para Moisés e Elias eles já passaram, foram grandes heróis na fé e da fé, mas passaram.  

Olhem para frente, recebam o presente, a dádiva que hoje eu estou lhes dando que é o meu filho, Cristo. Ele está acima de toda a Lei e toda a regra. 

Se Jesus cumpriu algo, cumpra-o, imite-o. 
Se ignorou algo, ignore.
"à Ele ouvi".

A manifestação do filho de Deus é a manifestação de libertação espiritual dirigida a toda a humanidade. 
Cristo é o princípio e o fim de todas as coisas. Sem Ele nada do que foi criado ou feito, se fez, porque Ele é a primazia. Ele é absoluto. Seu nome é: EU SOU, Ele não foi, não passou, porque não está morto, ELE É porque está vivo; e o será para sempre, pelos séculos dos séculos e por toda a eternidade!
É soberano! É Deus! ALELUIA!

E esse Cristo, a meu ver, foi o maior revolucionário da época em que viveu em forma humana e continua sendo ainda hoje.  Onde sua presença se manifesta, nada fica do mesmo jeito como era ou como estava. Ele muda e transforma.

Imagine hoje, essas igrejas bem tradicionais e cheias do costume humano, sabendo da notícia que apareceu um homem, vindo de uma cidade desprezível e desprezada, pobre aos olhos humanos, carpinteiro, está se dizendo filho de Deus, ensinando uma doutrina totalmente diferente da que aprenderam, fazendo aos olhos dos "fariseus evangélicos" milagres?

MEU DEUS DO CÉU! Iam sentar o cajado em Jesus assim como os fariseus e escribas e sacerdotes da época o fizeram, pois foi exatamente isso que aconteceu minha gente. Todos muito cheios de si e com muito pouco de Deus dentro de si.

Hoje nós observamos as escrituras e aceitamos porque a temos como a palavra de Deus. Aconteceu, está consumado, por isso a aceitamos. Porque nos é apresentado Jesus já como o Deus vivo que fez a obra do calvário.

Mas pense aí você agora se estivesse tudo isso acontecendo agora e dependendo de sua aceitação ou não, Jesus ainda como homem em nosso meio,  agora, no tempo presente. Como nós reagiríamos? Já parou para pensar? 

Essa passagem nos revela duas coisas:

A primeira é que monte é muito bom para se subir e orar, mas não é o monte que nos transfigura e faz das nossas vestes brancas e resplandecentes. 

Isto está dentro de todo aquele que é nascido de Deus, estando no monte ou dentro do banheiro de sua casa. Somos templo do Espírito de Deus. 

Há muitos que estão adorando montes. Se não for no monte a coisa não acontece. Pelo amor de Deus meus irmãos! Vamos pela misericórdia de Jesus renovar as nossas mentes.

"Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado como disse a Moisés" Josué 1:3

"E não sede conformados com esse mundo, mas sede tranformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa agradável e perfeita vontade de Deus". Romanos 12:2

Então não é o monte que me santifica, nós é que somos santificados pelo Espírito de Cristo e onde estivermos, a manifestação do poder de Deus se revelará em nós.

A segunda coisa que aprendo, e essa é o foco dessa mensagem, é que o homem, o ser humano, necessita ardentemente aprender, entender, que se Cristo está antes e acima de tudo em sua vida, de verdade, há que se dar liberdade para seu Espírito.

É para olharmos só e somente só para Cristo. Não podemos aceitar que homens imponham ainda como regras, coisas que Cristo rejeitou, aniquilou, encerrou, cumpriu. "À Ele ouvi"
Há uma imposição de regras e costumes que não são mais cabíveis na nova aliança que é Cristo. Estão fora do novo caminho, da palavra de Deus, colocando a igreja de Jesus que são pessoas, vidas, almas, ainda debaixo de um jugo que hoje, já não existe mais. 

E digo mais, estão impedindo que vidas vivam uma vida de liberdade em Cristo aqui e principalmente o alcance da salvação nos céus.

"Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade."   (2 coríntios 3:17)

O véu de separação do templo foi rasgado na morte de Jesus. Onde antes só o sacerdote podia ter acesso, ao santo dos santos, à presença do altíssimo Deus, hoje todos os que crêem em Jesus tem esse acesso espiritual. Acesso à presença do Deus de toda a terra, o criador do universo, através do nome de Jesus meus irmãos, e nada pode impedir isso, pois foi Deus quem o fez.
Quem poderá impedir?

Quantas pessoas por vezes tem vontade de entrar numa igreja mas não o fazem por vergonha, medo, porque aquela igreja não aceita isso, não aceita aquilo, não pode isso, não pode aquilo... mas a porta da graça, que Jesus abriu está aberta e para todos sem distinção, sem acepção, então quem a está fechando?

Jesus aceita o pecador da forma que ele é e o seu Espírito Santo é que convence o ser humano de seus erros e errados costumes e os muda no seu tempo, tempo de Deus.

O homem está se colocando a frente de Deus mais uma vez. A obra é de Deus! Somos meros e simples cooperadores. A nossa parte é levar a palavra e conduzir as almas sem críticas, sem julgamentos. Deus é que faz a obra.

Por causa de roupa, de cabelo, de unha, de apetrechos, meus irmãos Deus não está preocupado com isso, vamos parar de viver nos julgando e condenando uns aos outros. A graça de Deus não foi manifestada para juízo, mas para perdão, libertação e salvação em amor incondicional. 

O Espírito Santo está trabalhando em graça! Quem falou em juízo ou em julgamento? Atire então a primeira pedra contra si mesmo!

Não é por força e nem por poder, mas pelo Espírito de Deus, em liberdade de vida, que Jesus faz a obra dele na vida de um ser humano.

Não é apontando, julgando, criticando, separando, perseguindo, diminuindo, porque para todas estas coisas já existe o inimigo de nossas almas.

Não há mais impedimento da parte de Deus para que uma alma se apresente a Ele e seja salva da maneira que vier, como vier. Ele é Deus e sabe o que vai fazer e manifestar na vida dela no momento certo.

NADA PODE IMPEDIR ISSO! Se não, o sacrifício de Cristo se torna em vão, já que foi manifestado para desimpedir os homens e levá-los diretamente à presença de Deus através de seu nome, JESUS. 

E quantos homens que estão à frente da obra de Deus estão permanecendo com impedimentos que não vêm mais da parte do altíssimo?

Deus está preocupado com o nosso ser interior, pois o nosso corpo atual não irá para a glória de Deus, mas um corpo diferente, glorificado, incorruptível.

Não que o nosso corpo carnal tenha que viver de qualquer forma. Temos que cuidá-lo e apresentá-lo de uma forma íntegra a Deus e aos homens, mas não por imposição de homens, mas pelo poder do amor de Deus manifestado para nós.

"Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. 1 Coríntios 15:52

Jesus, se viu em muitas discussões com os fariseus da época, porque Ele não aceitava e não aceita tanta hipocrisia. Não no meio do povo que já o conhece, ou que diz conhecer. É realmente INACEITÁVEL. 

Meus amados irmãos que vocês possam ficar com essa palavra em seus corações sabendo que o Espírito Santo de Deus me incomodou grandemente para que essa mensagem fosse escrita aqui no dia de hoje. O melhor disso tudo é que a grande maioria são filhos, homens de Deus. 

Que o Espírito do Deus altíssimo alcance os corações necessitados de ouvi-la e que encontre nesses mesmos corações um estado de humilhação diante de Deus para que possam realmente reconhecê-lo como Senhor dessa grande obra e principalmente de suas vidas.

Toda honra e toda glória sejam dadas ao Senhor, Aleluia!
Que o Espírito do Altíssimo alcance a todos!

Próxima mensagem voltaremos com o estudo "as obras da carne" falando sobre porfias.

Fiquem com Deus, forte abraço e até lá!