O fruto do Espírito Santo (Amor)





Olá povo amado do Deus Altíssimo!
Estamos comunicando por esses dias o fruto do Espírito Santo que são 9, conforme o texto de gálatas 5:22.

O Amor, é o primeiro deles apresentado pela bíblia.

Por isso peço a vocês que não leiam de qualquer forma, mas meditem com calma e atenção. Creio que irá ser bom para você assim como está sendo para mim.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mais tenha vida eterna." (João 3:16)

Deus amou toda a humanidade, a sua criatura.
A natureza e tudo que Deus criou de forma perfeita e maravilhosa incluindo o ser humano, Deus amou incondicionalmente. 

Mas, o sistema que satanás montou no planeta terra através da autorização liberada pelo pecado de Adão e Eva, esse "mundo", esse sistema maligno,  Deus abomina. E não quer suas criaturas e filhos envolvidos com ele. Porque nesse sistema não há amor, misericórdia, perdão, e nem compaixão. Ele foi montado para matar, roubar e destruir o ser humano.

O amor de Deus vence todas as barreiras impostas pelo mal. E é denominado de amor ágape.

O amor ágape é o amor paternal, altruísta e incondicional de Deus para conosco. 

O amor ágape é a manifestação da essência do criador.
Ele é a base e a fonte da vida, é a união e a unidade de Deus com o homem.

O amor eros  é a paixão carnal, phileo é o amor fraternal, storge  é o amor de mãe e filho. Porém, aqui, estaremos falando apenas do especifico que nos interessa que é o amor ágape que é o fruto do Espírito dentro de nós.

O amor jamais acaba, como o apóstolo Paulo mesmo fala lá em ICoríntios 13. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana e não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera e não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

E isso tem que funcionar, como representa a própria cruz de Cristo, no sentido vertical que é o amor para com Deus e no sentido horizontal que é o amor para com o nosso semelhante.

Jesus em sua oração à Deus intercedendo por nós, disse: 
"Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos; eu neles, e TU em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que TU me enviaste e os amaste, como também amaste a mim." (João 17:22,23)

Em seu infinito e incondicional amor, porque o seu reino é um reino de amor, Ele nos chama, nos capacita e nos envia, guerreiros de Cristo para salvarmos e levarmos para o seu reino as almas perdidas aqui. Só que muitos são chamados, mas poucos escolhidos (Mateus 22:14) pois enquanto estão aqui se corrompem e ao invés de cumprirem a tarefa acertando o alvo, e salvando a outros, perdem sua própria salvação, erram o alvo ao qual Deus os enviou, pecam, se misturam com o que não vem da parte de Deus.

Não consumando assim a obra a ser feita. Há condicionais para sermos salvos.  Até Jesus, que era Deus e veio em forma humana teve que cumprir as condicionais de Deus e da lei dos homens, para que pudesse voltar ao Reino e sua glória o que dirá nós...
Disse Jesus ao Pai:
" Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer."(João 17:4). 

Jesus consumou essa obra enquanto carne, enquanto homem, provando que nós podemos, sim, consumá-la também, não por força, mas através do poder do seu amor.

O Amor verdadeiro(ágape) tem sido confundido pelo ser humano de uma forma geral com o amor carnal(eros). 

Isso porque através de um massacrado e doído afastamento de Deus, o ser humano tem se esquecido em uma memória espiritual, o que é o amor verdadeiro, os jardins de Deus, as águas de Deus, o sol que não pára de brilhar pois lá é a região da justiça e a bíblia diz que Ele é o sol da justiça. Eu sou de lá e você também meu irmão e minha irmã.
Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas;  (Malaquias 4:2)

Disse Jesus:
"Já não falarei muito convosco porque aí vem o príncipe do mundo e ele nada tem em mim". (João 14:30)

Através do apego ao reino, ao sistema deste mundo, o reino, o sistema das trevas montado por satanás e onde este é o príncipe, dinheiro, novidades tecnológicas, poder, tem distraído o ser humano para empreender tempo somente para essas coisas não o deixando ter tempo para enxergar a palavra que o nosso Rei nos deixou para que não nos afastássemos dEle e pudéssemos ser salvos e salvar e voltar para o seu Reino de glória.

Para dizer a verdade o mundo está tão corrompido pela malícia e maldade que o amor verdadeiro que desce do trono de Deus tem se esfriado a ponto de vermos, ouvirmos e sabermos de coisas horrendas como já temos visto.
" E por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos."(Mateus 24:12)

Ao falarmos de Deus em um meio tão sujo, como nesses últimos tempos, se torna sarcástico para muitos, pois crêem que se Deus existe, porque então tanta coisa ruim Ele deixa acontecer?

Deus é puro, imaculado e santo não pode se misturar com imundícia e pecado. Sua santidade não pode ser tocada por coisa imunda. Por isso o homem que se envolve com o mundo e seu pecado perde o contato de Deus e recebe toda sorte de maldição desse reino de trevas.
"Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.(Thiago 4:4)

Lá em Ezequiel 18:4 Deus diz: "Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá." 
No pecado perdemos a salvação e temos o distanciamento eterno de Deus, ou seja morte eterna.

O código de liberação para que esse reino de amor retorne em nós chama-se "SANTIFICAÇÃO". A Santificação nos faz voltar o contato com o nosso Deus, passamos a ver esse lindo Reino  quando o buscamos.
"De lá, buscarás ao Senhor, teu Deus, e o acharás, quando o buscares de todo o teu coração e de toda a tua alma." (Deuteronômio 4:29)

Santificar-se é aproximar-se de Deus pela fé no nome de Jesus, em uma busca através da  oração, jejum, renúncia ao pecado desse mundo, desejo profundo de sentir a presença do Senhor, de saber sua vontade, o que Ele quer de nós, e daí então, Deus começa a se mostrar para nós, a dizer o que quer  e nós começamos a tomar rumos e atitudes diferentes de acordo com o que Deus nos direciona a fazer e aí então voltamos o contato com ELE.
"Tornai-vos para mim e eu me tornarei para vós outros."(Malaquias 3:7b)

Deus não estipula condições para amar. Porque ELE é AMOR.
Ele não pode negar-se a si mesmo. 

Está pronto a amar, mas o pecado do homem se torna um grande abismo nesse meio e então não há como haver comunicação entre o homem e Deus, a não ser que o homem acate, aceite o amor de Jesus em seu coração e retorne o contato com o salvador em um caminho de arrependimento e santificação. 

Porque Jesus é o único caminho que passa por cima desse abismo chamado pecado, e nos leva de volta à presença de Deus.

Diga NÃO ao pecado.
Busque a Jesus! 

Esse amor completo que você procura há tanto tempo e que pode preencher todo o seu ser, não será encontrado no ser humano.  No amor carnal, amor eros.

Somente o Amor ágape poderá fazer isso em você, por você e com você.
Amor de Deus, amor puro e verdadeiro que desce de uma fonte divina, a fonte de Deus.

Ele jamais acaba. É infinito como o seu criador.
Deus é Amor.

Que o Amor de Deus seja com todos!
Forte abraço!